PÓLO DE SAÚDE DE CARCAVELOS
CARCAVELOS HEALTH COMPLEX

2018 -  |  vencedor de concurso promovido pela Câmara Municipal de Cascais  |  competition winner

1/7

PT/

O Pólo de Saúde de Carcavelos constituirá uma Unidade de Saúde de referência associada a um novo Espaço Público aberto, dinâmico e inclusivo: um catalizador de vida social pensado para a população local, utentes e funcionários do Polo de Saúde.

Inclui quatro serviços: Unidade de Saúde Familiar (USF Carcavelos), URAP, Equipa de Tratamento de Toxicodependentes e Serviço de Psiquiatria para Crianças e Adultos.

Os vários serviços desenvolvem-se em torno de uma Praça/Jardim onde se poderão realizar inúmeras atividades lúdicas, já que inclui equipamentos infantis, uma estação de exercício físico, uma cafetaria, inúmeros bancos e zona de relvado. Sugere-se também a introdução de uma área de Hortas Urbanas como forma de ocupação e integração de utentes e moradores, com especial relevo para aqueles socialmente fragilizados.

A implantação do edifício no limite Norte da área de intervenção permite proteger a Praça/Jardim dos ventos dominantes e ruídos da Av. Conde Riba d’Ave e em simultâneo manter a existência de espaço livre em redor dos edifícios habitacionais pré-existentes.

A relação do edifício com a envolvente enaltece a sua visibilidade: tanto para quem observa as suas fachadas longitudinais desde a Av. Conde Riba d’Ave, como para quem chega pela Rua Jacinto de Isidoro de Sousa, avistando o topo Sul do edifício que surge sobrelevado do solo por detrás dos edifícios existentes num gesto convidativo.

De modo a integrar as várias unidades do edifício numa só entidade arquitectónica, uma pala orgânica organiza e interliga todos os pontos e percursos necessários ao bom funcionamento do conjunto e impõe-se formalmente enquanto símbolo deste novo Polo de Saúde do séc. XXI.

A pegada ecológica do edifício é reduzida através de estratégias bioclimáticas: uma grande área de painéis fotovoltaicos nas coberturas para auto consumo de electricidade limpa; ventilação natural; áreas verdes de espécies maioritariamente autóctones e de baixo consumo de água que protegem o edifício da radiação solar e purificam o ar; estratégias de poupança de electricidade (controlo horário, lâmpadas LED, sensores de movimento e de luz); palas e recuo das janelas relativamente ao plano de fachada para protecção da radiação solar.

ENG/

The Carcavelos Health Centre will be a reference Health Unit associated to a new open, dynamic and inclusive Public Space: a catalyst of social life designed for the local population, users and employees of the Health Centre.

It includes four services: Family Health Unit (USF Carcavelos), URAP, Drug Addiction Treatment Team and Psychiatry Service for Children and Adults.

The various services are developed around a Square/Garden where numerous recreational activities can be carried out, since it includes children's equipment, an exercise station, a cafeteria, numerous benches and lawn area. The introduction of an Urban Vegetable Garden area is proposed as a form of occupation and integration of users and residents, with special emphasis on those socially weakened.

The implantation of the building on the northern limit of the intervention area allows the Square/Garden to be protected from the dominant winds and noises of Conde Riba d'Ave Avenue and simultaneously maintain the existence of free space around the pre-existing residential buildings.

The building´s relation with its surroundings enhances its visibility: both for those who observe its longitudinal façades from Av. Conde Riba d'Ave, and for those who arrive by Rua Jacinto de Isidoro de Sousa, sighting the South top of the building that appears raised from the ground behind the existing buildings in an inviting gesture.

In order to integrate the various units of the building into a single architectural entity, an organic concrete canopy organises and interconnects all the necessary points and routes for the good functioning of the whole and imposes itself formally as a symbol of this new 21st century Health Centre.

The ecological footprint of the building is reduced through bioclimatic strategies: a large area of photovoltaic panels on the roofs for self-consumption of clean electricity; natural ventilation; green areas including mainly native species with low water consumption that protect the building from solar radiation and purify the air; electricity saving strategies (time control, LED lights, movement and light sensors); sun shading slabs and window recesses to protect from solar radiation.

localização / site:           
cliente / client:               
ano / year:                
área /area:                
estado / status: 
arquitectura / architecture: 

imagens 3D / 3D renderings:   
arq. paisagista / landscape arch.:
sinalética / signage:      
estabilidade / structures:       
águas e esgotos / water and sewage: 
electricidade / electricity:   
avac / ventilation: 
acústica / acoustics:

Carcavelos, Cascais
Câmara Municipal de Cascais
2018 - ...
1923m2
Em construção / Under construction
Simão Botelho, Mário Serrano, Joana Jordão
e Margarida Fonseca

Lucas Armendani
Susana Ribas
Klara Tolentino da Silva
Daniel Maio
Patrícia Ferreira e João Rovisco
Fernando Correia
Mário Boucinha
Marlene Roque